Documento sem título

 NAVEGUE
 Principal  
 Agenda  
 E.B.D.  
 Estudos  
 Galeria de Fotos  
 Meditações  
 Mensagens (texto)  
 Mensagens (vídeos)  
 CRISTO LIBERTA
 Quem somos  
 Bispo Tiezzi  
 Congregações  
 Fale conosco  
 SERVIÇOS
 Leia a Bíblia  
 Plano de Leitura  
 Guia Comercial  
 ADICIONE




Dê o testemunho
daquilo que o
Senhor fez na sua
vida... Agende com
antecedência!

Procure os Pastores
Sérgio Cruz e
Gutemberg Viana.



Este site é melhor visualizado em
1024 x 768 pixels ou superior.
Use o
Internet Explorer
5.5 ou superior.



A força de um carinho
“Então ela o fez dormir sobre os seus joelhos, e chamou a um homem, e raspou-lhe as sete tranças do cabelo de sua cabeça; e começou a afligi-lo, e retirou-se dele a sua força. (Juízes 16.19)

Não há nada que se possa comparar a força de um carinho. Podemos confirmar esta verdade observando a reação dos animais domésticos a um afago. É difícil um animal revidar o carinho de seu dono com uma mordida.

Um mimo desamarra muitos nós, da mesma forma que um abraço tem o poder de quebrar barreiras e de estimular o bem estar físico e emocional.

O carinho, cafuné quer dizer coçar a cabeça faz até dormir. Lubrifica as engrenagens das relações humanas. Contudo, também pode tornar-se perigoso.

Esta mensagem alerta sobre o perigo de ser mimado e cair em tentação.


I – A história de Sansão se repete a cada dia em muitas pessoas.

Sansão quer dizer pequeno sol
e foi um presente de Deus para a família de Manoá, pai de Sansão, porque a sua esposa era estéril. O anjo do Senhor veio para dar esta linda notícia. Porém, diria, não beberá vinho ou bebida forte e não comerá coisas imundas por toda a sua vida. E não passará navalha na sua cabeça porque será nazireu (consagrado) desde o ventre e começará a livrar Israel das mãos dos filisteus, hoje os palestinos a eterna pedra nos sapatos de Israel.

Sansão foi chamado para ser um ajudador, e foi o décimo terceiro juiz de Israel e comandou por 20 anos. Casou-se com um filisteia, da cidade de Timna. Já de iniciou fez um erro. Como casar com uma mulher de um povo que foi chamado para destruir?

Os pais não queriam e discutiram com ele. A segunda coisa errada foi comer um favo de mel encontrado no corpo de um leão morto porque não podia se aproximar de cadáveres e comer coisas imundas. Mas ele era jovem, forte e não respeitava ninguém.

O período governado por juízes em Israel foi muito conturbado. Sem rei, sem governantes sérios o povo não tinha ninguém para dirigi-lo e governá-lo. E podia dar a lógica, não respeitava a ninguém. Cada um agia conforme o seu próprio entendimento. Neste período, ninguém conseguia vencê-lo devido a sua força sobrenatural . Nada o impedia de avançar. Um dia agarrou firme a porta da cidade, com os dois batentes, e os arrancou com tranca e tudo. As portas não eram como as de hoje eram bem pesadas. Pôs nos ombros e o levou ao topo da colina.

Nada o impedia, a não ser a própria fraqueza. E essa fraqueza... tem sido a grande dificuldade de muita gente. Vimos, ontem no nosso estudo sobre liderança, que um homem de Deus, não cai de uma hora para outra, mas aos poucos o seu interior se apodrece e cai a um pequeno vento.

Como manter-nos firme onde Deus nos colocou? Muitos de nós temos vividos momentos grandiosos, cheios de vitórias e de conquistas. Porém de um momento para outro, abrimos a brecha onde o inimigo com certeza entrará. Nós abaixamos a guarda e entregamos os pontos.


II – A história de Sansão é repleta de virtudes e de defeitos.

Por isso, mesmo ela se repete na nossa vida. Na ânsia de satisfazer os próprios desejos, Sansão caiu da posição na qual Deus o colocara.

Iniciei esta meditação dizendo que todos apreciamos de um carinho, contudo é preciso saber quem está nos mimando.

Às vezes, você aceita um agrado ou um abraço dado por alguém que quer derrotá-lo. Veja o que Dalila o fez até dormir em seu colo. Começou a acariciar os cabelos, e o rosto de Sansão. E foi mimado até dormir. Ninguém está vendo, sou de maior posso fazer o que quero. Já tinha brincado e mentido por três vezes... Será que não desconfiou? Como dormir nos joelhos da virtual assassina?

Há muita gente recebendo mimos das dalilas... O nome Dalila significa sensual. Há um perigo por trás desse mimo. Você precisa saber quem está alisando seus cabelos.

Os piores ataques que sofremos não vêm com roupagem feia. O diabo não se apresenta com chifres. Quando o mundo quer nos conquistar, ele não ataca com crítica, e não nos ameaça.

Preste atenção: Não existe amante com cheiro de alho e cebola. Você já imaginou uma pessoa, homem ou mulher, recebendo carinho de outra que tem mau hálito ou bromidrose - cheiro de suor desagradável.

Sabe qual é o final desta história? Você acaba ficando careca e cego. Há muita gente que perdeu os cabelos espirituais. Tentam cobrir-se com peruca. Já não tem força de carregar as chaves de casa e muito menos as portas nas costas. O problema é que estas pessoas não percebem o por quê estão calvas.

O careca Sansão foi acordado por um grito de Dalila: “Sansão os filisteus estão atacando.” O careca acorda e diz a si mesmo: Sairei como sempre me livrei. Mas foi engano, um dia a casa cai.

Muitas vezes, deixamos os agrados do mundo rasparem a nossa cabeça, e furar os nossos olhos. Depois vou me levantar de novo. Só que as forças já não existem. Agora estamos carecas, calvos e nas mãos do inimigo.


III – Quem são hoje os nossos filisteus?

São representados pelas opressões, roubos e ataques. Vejamos que acontece. A primeira coisa que o mundo faz é cegá-lo e uma pessoa cega não pode se defender.

Há muitas pessoas que frequentam a igreja que deixaram de enxergar e não conseguem ver as mãos de Deus agirem. Perdem a visão da chamada, da vocação, das promessas. Tudo é motivo de desistir, abandonar o trabalho, encolher as mãos, se esconder.

Sansão não podia mais guerrear as batalhas de seu povo, ele era inútil, nem podia ajudar a si mesmo.

Quantos já não podem guerrear? Quantas batalhas nas famílias? Quantas batalhas com os filhos? Quantas batalhas explodem na área do trabalho? Quantas batalhas invadem a mente e o coração? E a fé dada aos santos? Foi embora as iniquidade separa o homem de Deus.

(Mateus 24.12) “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará”

Sansão agora depende de ajuda para se locomover, de valente e temido à palhaço. Cego não tinha condições de lutar. Seus movimentos eram controlados e vigiados pelos seus inimigos. E além de cego e preso, agora tinha de trabalhar no trabalho mais pesado dado aos escravos pelos filisteus.

O agrado que aceitou sem reagir o deixou a mercê de zombaria.

Não há nada que mais agrada ao mundo como a derrota de um filho de Deus. Quando um crente cai, o mundo prepara logo uma festa para comemorar. Foi assim que fizeram os filisteus.

(Juízes 16.23) “Então os príncipes dos filisteus fizeram sacrifício ao deus Dagom (com cabeça e braços de homem e parte inferior de peixe). Em seus braços de cobre com braseiro colocado em baixo tornavam incandescentes e ali colocavam as criancinhas vivas em holocausto. E diziam o nosso deus nos entregou Sansão nas nossas mãos. Chamaram Sansão para que brinque diante de nós. A Bíblia não relata, mas a história nos diz que Dalila lá estava tratada como uma rainha na tribuna de honra.

Eles estavam tão felizes que não viram que os cabelos cresceram e com eles o arrependimento deste homem de Deus. A Bíblia ensina que a fidelidade de Deus não muda.

2 Tim.2.13” Se somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo”

Eles tinham certeza que Sansão jamais voltaria a ter a força de antes. E enquanto girava a pedra enorme do moinho e debaixo de chicote , implorava a Deus perdão e o tinha certeza de ser perdoado. Deus é fiel e nunca desprezará um coração quebrantado.


Epílogo.

Ele quer devolver a você a força e o mesmo poder. Ele te quer dar a oportunidade de abraçar as colunas que sustentam a casa do inimigo.

Seja qual for a sua tentação, uma crise financeira, um desajuste conjugal, uma doença incurável, Deus quer que você abrace e derrube essas colunas e ponha tudo abaixo.

Assim como Sansão, Jesus também sofreu zombarias. No entanto, um dia ele abriu os braços na cruz no Calvário, quebrou a força do príncipe das trevas e derrubou as colunas do inferno. Morreu para nos dar vida.

Sansão morreu para dar liberdade ao seu povo. Renovou os seus votos ao Senhor e recebeu de volta o mesmo poder:

(Juízes 16.28) “E Sansão clamou ao Senhor e disse: Senhor Jeová, peço-te que te lembre de mim e esforça-me agora, só esta vez, ó Deus, para que de uma vez me vingue dos filisteus, pelos meus olhos” E o templo caiu. Pagou com a própria vida os seus erros. Você não precisa morrer, Jesus fez isso por todos nos. Renove os seus votos de fidelidade ao Senhor, de entrega e de obediência.

VEM ATÉ O ALTAR, E A SUA VIDA VAI MUDAR PELO PODER DE DEUS.

Em nome do Senhor, derrube as colunas de seus inimigos fizeram em seu redor, e seja vitorioso em nome de Jesus.


“Amar é a minha vida e abençoar é a minha mensagem”


Mensagem Postada em 16/11/2014 por: Bp. Tiezzi

       


Conheça outros trabalhos dentro do nosso Ministério.




Desenvolvimento e Hospedagem