Documento sem título

 NAVEGUE
 Principal  
 Agenda  
 E.B.D.  
 Estudos  
 Galeria de Fotos  
 Meditações  
 Mensagens (texto)  
 Mensagens (vídeos)  
 CRISTO LIBERTA
 Quem somos  
 Bispo Tiezzi  
 Congregações  
 Fale conosco  
 SERVIÇOS
 Leia a Bíblia  
 Plano de Leitura  
 Guia Comercial  
 ADICIONE




Dê o testemunho
daquilo que o
Senhor fez na sua
vida... Agende com
antecedência!

Procure os Pastores
Sérgio Cruz e
Gutemberg Viana.



Este site é melhor visualizado em
1024 x 768 pixels ou superior.
Use o
Internet Explorer
5.5 ou superior.



É pecado desejar uma vida melhor?
“Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso... E vos de Cristo, e Cristo, de Deus.” (I Corintios 3.21 e 23)

O que há de errado em querer uma vida melhor? Para que limitar-se ao pequeno céu ou a migalhas de pão? Onde está escrito que você não deve ousar descobrir o novo dia que vai surgir? Já se perguntou por que nossos olhos veem tão longe se não podemos alcançar?

Por que o céu é tão vasto se não devemos almejar as estrelas? Por que o arco-íris é tão glorioso se não devemos olhar para cima? Se como cristão chegamos a desejar uma vida cristã abundante somos culpados até de ser soberbos?

Você já perguntou se existem novos horizontes para sua vida? Já abriu as cortinas de seus olhos? Já rompeu as algemas que um dia te prendiam? Você agora está livre das amarras do diabo e pode correr, pular e até voar...

Qual é a vida abundante que Cristo veio nos dar? Sofrimento, dores, angústias são por acaso vida abundante? Ele veio para nos dar libertação, alegria e paz no coração.

Eu creio que nascemos para admirar tudo aquilo que é belo e bom que Deus nos tem preparado. Uma coisa eu sei, primeiro Deus:

(Mateus 6.33) “Mas, buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”

Deus deseja que voemos mais alto que nossos preconceitos religiosos, e Ele permitirá realizarmos os nossos sonhos.


I – Veja, liberte-se dos preconceitos e seja você mesmo.

Para que ter os olhos para ver, se não se pode olhar? Ou uma mente inteligente se não podemos usá-la? Ou para que ter água se quando estamos com sede não podemos bebê-la?


Acredito e prego que Cristo veio resgatar os presos das amarras da escravidão, do pecado, das drogas e prometeu uma vida cristã abundante. Agora sem preconceito de nenhuma espécie eles podem viver e cantar.

Antes o devorador destruía tudo e quantos conseguia ganhar. Muitos chegaram até roubar sua comida trocando-a por um copo de pinga ou um toco de cigarro. E além de escravizá-los destruía a saúde.

Agora têm Cristo e suas vidas são propriedade dEle. Podem soltar um grito de júbilo de seu interior: Fale comigo: “Sou livre, livre para cantar e adorar. Em Cristo sou uma nova criatura.”

(II Corintios 5.17) ”Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”


Uma nova vida, sem sombras desmoralizantes dos dogmatismos e preconceitos que escravizam. O crente é uma nova criatura, renovada segundo a imagem de Deus, compartilha da Sua Glória, experimenta a renovação do conhecimento e do entendimento e que vive em santidade.


II – Melhor que os seus sonhos.

(Efésios 3.20) “Ora, àquele que é poderoso para fazer muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o seu poder que em nós opera.“


O nosso pensamento humano é finito e limitado. Agora, com a unção do Espírito Santo não há limites para aquilo que Deus pode realizar em nossa vida.

Temos nestas palavras encorajamento para esperarmos muito mais do que pensamos em receber, conforme o seu poder que em nós opera.

E quando falo de muito mais não falo somente em dinheiro, mas de saúde, amor e paz que o mundo não conhece e não pode nos entender. Como pode o apóstolo Paulo e Silas cantar depois de serem torturados e presos:

(Atos 16.25) ”E, perto da meia noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam”

Eles viam além de onde estavam. O apóstolo Paulo alude nesta passagem à deficiência de nossa fé: ver o invisível e a grandiosidade de Deus. Nem a estreiteza do nosso conhecimento e nem a debilidade de nossas orações poderão limitar as riquezas dos dons divinos, dons que Deus tem preparado para seus filhos, e tudo isto é motivo para louvar e engrandecer a Deus.

Então parece que as árvores estão mais altas; as florestas mais ricas, as montanhas mais elevadas. O céu é bem maior daquilo que se pensou.

Como faz bem pensar em tudo isso e saber que somos filhos amados e queridos de Deus.

Refletindo sobre o nosso passado limitado, e com sérias advertências religiosas a respeito de se contentar com limites e restrições impostas por nosso status, quando se desejar algo a mais era considerado um pecado, você pode perguntar: Por que os pássaros cantam? Por que a brisa sopra? Se não foi projetado para gostar de música e aspirar o vento? Por que a terra é tão produtiva se não posso ceifar tudo o que semeio? Por que as rosas são tão perfumadas se não devo saborear sua fragrância?


III – Você não está limitado.

(João 15.5) “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muitos frutos...”


Se está ligado ao Deus do impossível não haverá limites no seu potencial de realização.

Desde o dia em que Deus criou Adão e Eva em um ambiente de abundância, felicidade, saúde, realização Ele nunca mudou sua opinião a respeito das pessoas.

Você tem capacidade milagrosa que nenhuma outra pessoa tem. Pode, pensar, meditar, imaginar, realizar e adquirir o que deseja. Podemos ouvir: Dê um passo para fora, anda debaixo dos meus céus grandiosos e infinitos. Levante os olhos, olhe para cima, tudo é belo, ame-o, admire-o, tudo isso foi criado para você. Jesus disse:

(Marcos 11.24) ”... tudo quanto pedirdes em oração , crendo o recebereis, e será assim convosco.“

Se sua vida está ligada à videira verdadeira Seu humor divino correrá nas tuas veias.


Epílogo.

Quando pesquisei escritos de teólogos a respeito desse assunto, descobri que a maioria julgava os desejos de uma vida cristã abundante como um desejo da carne, e que deveria ser considerado como pecado.

Bem sei que a cobiça das riquezas ou qualquer forma de inveja são destrutivos e anti-bíblicos:

(I Timóteo 6.10) ”Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores”

Sei a respeito dos irmãos de José que o venderam por 28 moedas de prata e o resultado foi-lhes muito humilhante...

Sei também a respeito do homem rico que amontoava dinheiro para gastar numa vida de festança, e que naquela noite lhe foi pedida sua alma.

(Lucas 12.20) “... Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?”

Sei a respeito de Judas Iscariotes e sua destruição; por causa da ganância vendeu seu querido Mestre Jesus Cristo por apenas 30 moedas de prata, o preço de um escravo.

Sei de centenas de motivos para advertir contra o desejo maligno de possuir bens; mas também eu sei que Deus não criou o ouro, a prata e todas as coisas preciosas para dar de presente aos incrédulos e malvados.

Como também eu sei que para os Filhos prometeu uma herança abençoada e uma vida abundante. Porque tudo é nosso... tudo é nosso.


“Amar é a minha vida e abençoar é a minha mensagem”


Mensagem Postada em 28/12/2014 por: Bp. Tiezzi

       


Conheça outros trabalhos dentro do nosso Ministério.




Desenvolvimento e Hospedagem