Documento sem título

 NAVEGUE
 Principal  
 Agenda  
 E.B.D.  
 Estudos  
 Galeria de Fotos  
 Meditações  
 Mensagens (texto)  
 Mensagens (vídeos)  
 CRISTO LIBERTA
 Quem somos  
 Bispo Tiezzi  
 Congregações  
 Fale conosco  
 SERVIÇOS
 Leia a Bíblia  
 Plano de Leitura  
 Guia Comercial  
 ADICIONE




Dê o testemunho
daquilo que o
Senhor fez na sua
vida... Agende com
antecedência!

Procure os Pastores
Sérgio Cruz e
Gutemberg Viana.



Este site é melhor visualizado em
1024 x 768 pixels ou superior.
Use o
Internet Explorer
5.5 ou superior.



Enganoso é o coração do homem
"Enganoso é o coração, mais do que todas as cousas, e desesperadamente corrupto, quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração..." Jeremias 17.9-10

A questão da natureza do coração é decisiva em relação à eficácia que a Palavra de Deus tem em nós. Freqüentemente não conhecemos o nosso próprio coração, mas o Senhor o conhece!

Devemos questionar a maneira com que recebemos a Palavra de Deus em nós. Será que você e eu tiramos teimosia, desânimo e pecado do nosso coração antes de nos dispormos para receber Sua Palavra? Tiago 4.7-8 nos exorta: "Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração." Essas são as quatro coisas que o Senhor exige de nós. Peço-lhe que observe a seqüência das ordens acima e obedeça-as, caso contrário você se iludirá ao receber a Palavra de Deus. Primeiro: resista ao inimigo em nome de Jesus. Segundo: aproxime-se de Deus. Terceiro: purifique-se pelo precioso sangue do Cordeiro. Quarto: santifique seu coração inconstante.

Se você proceder dessa maneira, o terreno do seu coração estará preparado como o Senhor Jesus o descreve na parábola do semeador. Caso não o fizer, você estará se enganando a si mesmo. Tiago 1.26 adverte: "...enganando o próprio coração, e sua religião é vã."

Meditação Postada em 16/11/2014 por: Comunicação

       


Conheça outros trabalhos dentro do nosso Ministério.




Desenvolvimento e Hospedagem